Reabilitação Motora


A Reabilitação Motora Funcional aborda o paciente em sua totalidade. A partir de técnicas específicas, sejam elas manuais ou com exercícios funcionais, tem por objetivo promover o estímulo necessário para favorecer a busca do equilíbrio funcional do próprio corpo ou dos sistemas.

A fisioterapia motora possui o objetivo de otimizar as funções motoras do paciente, lentificando as contraturas, deformidades, encurtamentos musculares, pressão por longos tempos em decúbitos, compressões nervosas, maximizando a força muscular e a independência para as atividades de vida diária (AVD´s) do paciente, atua na área da disfunção através de exercícios controlados, atividades focadas na coordenação entre partes do corpo, treinamento de força, flexibilidade e agilidade, visando preparar o indivíduo para voltar à sua vida cotidiana.​​​​​​​



BENEFÍCIOS DA FISIOTERAPIA PARA A SUA SAÚDE


1. Melhoria de postura

Sabemos que, com a correria diária, é comum não se preocupar com a postura, não é verdade? No entanto, ter uma simetria corporal é fundamental para evitar dor lombar, incômodo na região central da coluna e problemas mais sérios no futuro, como a lordose cervical.

Assim, introduzir a fisioterapia em sua rotina é uma maneira de restabelecer a sua postura, melhorar os hábitos posturais e, consequentemente, a sua qualidade de vida.


2. Diminuição de dores

Você já deve ter sentido alguma dor em seu corpo, certo? Isso acontece porque é comum que se tenha lesões.

Esses problemas ocorrem por vários motivos, como a prática de atividades físicas ou esportes (também chamada de lesão desportiva), esforços físicos (como carregamento de peso), mau hábito postural, utilização constante de meios tecnológicos (o que pode causar a má postura); ou qualquer incidente, como uma contusão.

Contra isso, um profissional está altamente capacitado para efetuar essa reabilitação física e funcional, diminuindo de maneira significativa as dores, mesmo que musculares.


3. Prevenção de possíveis lesões

Quando o tratamento de uma determinada lesão acaba, é fundamental dar continuidade ao acompanhamento - de preferência com a própria fisioterapia. Isso é importante para que o problema não volte a aparecer, tornando o processo de reabilitação mais demorado e doloroso no futuro.

A prevenção de outras possíveis lesões também acontece porque, com o procedimento, o seu corpo e a sua musculatura vão se fortalecer e se manter mais equilibrados, sofrendo menos impacto quando houver alguma situação que possa causar algum problema físico.


4. Tratamento e prevenção de doenças crônicas

A fisioterapia tem um grande aspecto funcional. Na área cardiopulmonar, com exercícios técnicos e específicos e com a manutenção da saúde, é possível tratar e prevenir os fatores de risco e as doenças crônicas, como obesidade, pneumonia, hipertensão, diabetes e até mesmo o câncer.

Tudo isso porque, com o tratamento, é possível causar um impacto positivo em todo o corpo e na mente dos pacientes.


5. Auxílio para um treino físico adequado

Se você busca praticar um exercício físico equilibrado, é interessante que você procure um fisioterapeuta. Dessa forma, será possível realizar uma prática correta, sensata e adequada das atividades, sem forçar exageradamente musculatura alguma. Assim, você vai evitar danos que poderiam ser irreversíveis durante toda a sua vida.

Não se esqueça de que os exercícios são benéficos para a saúde, tanto física quanto emocional. Contudo, a sua prática deve ser supervisionada, moderada e estável.


6. Controle da insônia

A insônia, caracterizada pela dificuldade de adormecer, pode ser causada por vários motivos, entre eles: o bruxismo, os problemas na respiração, a má simetria corporal e, também, a síndrome das pernas inquietas.

Hoje em dia, existem processos fisioterapêuticos capazes de tratar esses problemas e assegurar uma qualidade de sono, pois eles agem em todo o corpo, mente e organismo.


7. Melhoria de doenças respiratórias

Com a ajuda da fisioterapia respiratória, que aperfeiçoa o transporte do oxigênio, é possível que alguns problemas de respiração melhorem ou sejam tratados. Entre eles, pode-se destacar a asma e a bronquite.


8. Auxílio na diminuição de problemas urinários

Atualmente, os problemas urinários, como a incontinência, atacam mulheres e homens em vários momentos. Entretanto, o tratamento pode ser bem mais simples do que se imagina, especificamente se for feito por meio da fisioterapia uroginecológica. Esse tipo de fisioterapia é responsável por tratar vários tipos de distúrbios perineais.

​​​​​​​

9. Fortalecimento da autoestima

Uma pessoa que introduz a fisioterapia em sua rotina tem mais saúde, disposição, flexibilidade, coordenação e equilíbrio. Tudo isso gera uma maior autoestima, pois a qualidade de vida aumenta muito. Além disso, é notória a sensação de se sentir mais feliz, jovial, seguro e menos estressado, uma vez que o corpo e mente tendem a ficar fortalecidos.

Ainda é válido mencionar que todo processo é um ótimo aliado para a saúde de qualquer pessoa.






My Image

Agende sua consulta através do whatsapp